Esportes bretões bizarros

Certamente você já ouviu falar de rugby, ainda mais atualmente que o esporte começa a ser cada vez mais comentado. Especialmente num dia como hoje onde tivemos a final da Copa do Mundo do esporte, com direito aos trending topics do twitter aqui no Brasil terem tópicos referentes ao jogo, ainda que no inóspito horário de 6 da manhã em diante. E independentemente disso, o esporte dá claros sinais de crescimento aqui no Brasil – agora a seleção brasileira conta com o apoio da Topper e o patrocínio da Heineken. Sem falar que recentemente até Hollywood passou pelo esporte com o filme Invictus que conta a história do mais famoso dos mundiais do esporte, em 1995: quando Nelson Mandela (interpretado por Morgan Freeman) vê no mundial sediado na África do Sul a oportunidade de unir um país que embora não estivesse mais sob um regime de segregação racial de forma oficial, ainda vivia sob os ressentimentos do Apartheid.

Talvez você ache o rugby muito intragável, devido ao jogo excessivamente trombado, e ainda mais porque a marca registrada da seleção mais famosa do esporte é uma espécie de ritual de guerra tribal.

Mas acredite, existem outros esportes bretões correlatos com o futebol (O rugby é uma variação do futebol, acredite!) menos conhecidos mas muito fortes em alguns países que parecem tão ou mais estranhas para os nossos olhos.

Futebol Gaélico 

É o esporte mais popular da Irlanda. Acho que isso começa a explicar porque tudo que é jogador de futebol (o britânico) minimamente talentoso vai parar na Inglaterra ou Escócia.

E o mais curioso é conferir as regras e ver algumas das coisas que são consideradas infrações: trocar a bola de mãos ou dar um chapéu, por exemplo, são movimentos proibidos. Em outras palavras, as regras limitam a margem pra habilidade e privilegiam um jogo mais “duro”.

Hurling

Uma bolinha no alto e um inxame de mãos e bastões para pegá-la. Não consigo imaginar a coragem para encara isso. E pior, o esporte não é profissional, apesar da liga com estádios lotados, e tem cara que topa ser goleiro, tentando parar uma bolinha do tamanho de uma de tênis, por puro hobbie. Wow!

Futebol Australiano

A dinâmica de uso simultâneo de pés e mãos é parecida com a do futebol gaélico. Mas além do campo de jogo em formato oval, o jogo australiano é bem mais acrobático. Além dos tackles sem dó, é de se impressionar como os jogadores escalam uns aos outros, sem importar se são companheiros ou adversários, para pegar a bola no alto. Sobra muito joelho e canela a mais de um metro de altura.

E aí, qual deles você jogar com os amigos na próxima pelada?

Ps.: Em breve falo como foi o show do Cut Copy. Aliás, será que eles curtem um joguinho do futebol da terra deles?

Ps. 2: Descanse em paz Marco Simoncelli.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: